Páginas

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

O poder Terapêutico das essências aromáticas



O emprego dos aromas é descrito por quase toda a civilização antiga na prática medicinal.

Aromaterapia é o nome empregado ao tratamento realizado com a aplicação dos óleos essenciais extraídos do reino vegetal. Encontra-se dividida em duas grandes áreas:

- Fisiológica : massagens,compressas, banhos,inalação, e aliada ao uso de cométicos.
- Psicológica:  tem o objetivo de harmonizar o indivíduo por intermédio dos efeitos emocionais causados pelos aromas

Os óleos essenciais são divididos em três categorias: os que tonificam o organismo e favorecem o bom humor; os que estimulam e regulam as principais funções do corpo; e os que têm um efeito calmante sobre o corpo e o espírito.

Alguns exemplos:  

  1. Óleo de Camomila – refrescante. Indicado para dores de cabeça e depressão;
  2. Óleo de Cânfora – refrescante e estimulante. Indicado em resfriados, reumatismos, acne, insônia;
  3. Óleo de Cedro – sedativo. Usado para angústia, bronquite e tosse;
  4. Óleo de Limão – refrescante e estimulante. Para problemas circulatórios, hipertensão e acne;
  5. Óleo de Eucalipto – libera a cabeça. Indicado para edemas e dores musculares;
  6. Óleo de Gerânio – refrescante e antiespasmódico. Para problemas urinários e infecções virais;
  7. Óleo de Jasmim – relaxante e calmante. Serve para tratar apatia e pele seca;
  8. Óleo de Manjerona – fortificante. Indicado em enxaquecas, cólicas e equimoses;
  9. Óleo de Patchouli – relaxante. Indicado na depressão e pele seca.
  10. Óleo de Pimenta Cinza – estimulante. Usado em problemas digestivos, resfriados e diarréia;

2 comentários:

  1. Oi Tatiana!
    Teu espaço é lindo, prático, instrutivo... Adorei demaaais!

    Se divulgue mesmo, vale a pena estar aqui! ;)
    BjO

    ResponderExcluir
  2. Oi Silvana ! Seja muito bem vinda!!!

    Obrigada!!!! Namastê ;)

    beijos

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autora e a fonte www.dicasterapeuticas.blogspot.com