Páginas

terça-feira, 15 de março de 2011

Óleos essenciais para a depressão



 
Os óleos essenciais podem ser usados de várias maneiras. É importante levar em conta, as preferências da pessoa a ser tratada, de forma que a aplicação da Aromaterapia seja prazerosa e agradável. 

Massagens: as massagens podem potencializar os efeitos dos óleos sobre as emoções e são indicadas para casos em que a Depressão é acompanhada por dores no corpo e tensões. 

Inalação: produz efeitos rápidos sobre o estado emocional e pode ser indicada para casos que necessitem de uma ação segura e eficiente. 

Banhos: os banhos aromáticos podem ser revitalizantes ou relaxantes e produzem estímulos físicos e emocionais. São úteis para favorecer uma maior abertura emocional, principalmente, para preparar pessoas que se sintam desconfortáveis ao serem tocadas, por medo ou vergonha, para receberem massagens. É impressionante, como após algumas sessões de banhos aromáticos, as pessoas passam a se sentirem seguras para receber massagens. 

Compressas: compressas servem para auxiliar em casos de desconforto físico e também produzem relaxamento.           
                             
Óleos Essenciais úteis para Depressão: 

Alecrim (quimiotipo cânfora): estimulante e tônico. Para problemas de concentração e memória, cansaço e letargia. Para vertigens, paralisias e palpitações de origem psicossomática. 
Bergamota: para casos de Depressão em que haja também uma grande ansiedade e sofrimento. Melhora o apetite. É neurotônico e sedativo. 
Camomila Romana: para Depressão acompanhada de irritabilidade, impaciência, falta de apetite e tensão. Também é útil para traumas emocionais. Calmante e sedativo. 
Hortelã-Pimenta: para Depressão acompanhada de apatia, cansaço, sonolência excessiva e falta de memória. É estimulante e Tônico. 
Laranja Azeda: promove bom humor e é útil para insônia e Depressão, sobretudo Depressão Sazonal.   
Manjericão (quimiotipo linalol): para Depressão ligada à ansiedade, alterações de humor, convalescença e cansaço mental.   
Manjerona: para dificuldade de expressão das emoções, tensão e insônia.  
Olíbano: é revitalizante. Útil em casos de desânimo e Depressão ligada a mágoas e ressentimentos.     
Rosa: promove auto-estima, auto-aceitação, perdão e abertura emocional. Para Depressão, mágoas e traumas emocionais.    
Ylang-Ylang: é eufórico e afrodisíaco. Para depressão acompanhada de impotência ou frigidez de causa emocional e também de raiva contida ou frustração.      

Dicas: 

Práticas de exercícios respiratórios, meditação e afirmações positivas podem ser utilizadas em conjunto com a Aromaterapia para potencializar a ação dos óleos.
  
Óleos desintoxicantes e depurativos podem ser usados para purificar o organismo e uma alimentação mais saudável pode ser adotada. 

A prática de auto-massagem com óleos essenciais pode ser útil para trazer equilíbrio emocional e auto-aceitação.

Escalda-pés com óleos essenciais harmonizam as emoções e estimulam os pontos reflexos dos pés, harmonizando também a energia vital do corpo. 



Referências:
Aromaterapia e as Emoções – Shirley Price.
Aromaterapia Holística – Ann Berwic.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Reprodução permitida desde que mantida a integridade das informações, citada a autora e a fonte www.dicasterapeuticas.blogspot.com